Chuva causa alagamentos e quedas de árvores no Oeste e Planalto Norte de SC


Postado em 18/10/2018 às 08:38 por Rinalda Zago


 

Chuva causa alagamentos e quedas de árvores no Oeste e Planalto Norte de SC Defesa Civil de Concórdia/Divulgação

Foto: Defesa Civil de Concórdia / Divulgação

Um temporal atingiu as regiões Oeste e Planalto Norte durante a tarde e noite de quarta-feira (17). Houve registro de destelhamento e queda de árvores em Concórdia. No Extremo-Oeste, os municípios de Capinzal e Ouro, que já haviam decretado situação de emergência por conta das chuvas que atingiram a região na última semana, houve registro de alagamento. No Planalto Norte do Estado, em Mafra, também teve registro de inundação em diferentes pontos dos municípios. No município de São Bento do Sul, houve quatro ocorrências de queda de muro. A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu um aviso sobre a presença de granizo isolado em todo o Oeste do Estado na manhã desta quinta-feira (18).

Um temporal acompanhado de fortes ventos causou pelo menos oito destelhamentos e cinco quedas de árvores em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, na tarde desta quarta-feira (17). De acordo com o Corpo de Bombeiros Voluntários, em duas residências o destelhamento foi total e as famílias foram abrigadas por parentes.  

As quedas de árvores interromperam vias e atingiram a fiação elétrica, mas a Defesa Civil municipal removeu galhos e a companhia de energia restabeleceu o fornecimento ainda durante a tarde. 

A placa de uma empresa na rua Dr. Maruri, no centro da cidade, foi arrancada pelo vento. A região ficou sem energia por duas horas porque a placa rompeu fios de alta tensão. A Delegacia Civil, que fica a metros do local do incidente, foi afetada pela falta de luz.

Vizinhos

Os municípios Alto Bela Vista e Peritiba, vizinhos de Concórdia, também ficaram sem energia durante a tarde. 

Os bombeiros da região receberam informação de que a chuva e o vento podem causar mais transtornos até quinta-feira (18). No caso de árvores em vias públicas, a orientação é para que cidadãos não tentem retirá-las, pois podem estar energizadas e causar choques. 

Em Chapecó, houve registro de granizo fino em alguns bairros na noite de quarta. Entretanto, de acordo com a Defesa Civil, não houve registro de danos.

Capinzal e Ouro também afetadas

De acordo com a Defesa Civil do Estado, algumas residências e salas comerciais ficaram alagadas em Capinzal. Não há registro de desabrigados ou desalojados.

Em Ouro, a chuva provocou dois pontos de alagamento no Centro e danos em estradas no do município. Uma ponte na linha São Paulo foi levada pela força da água.

Fonte:  nsctotal


Carregando...

www.000webhost.com