Escritora da trilogia A Casa das Sete Mulheres vai estar em Laguna


Postado em 29/08/2018 às 11:06 por Rinalda Zago


Escritora da trilogia A Casa das Sete Mulheres vai estar em Laguna

A história de Anita Garibaldi recebeu um impulso midíatico no ano de 2003, com a minissérie A Casa das Sete Mulheres transmitido em 53 capítulos na tevê. Enredo baseado no livro da gaúcha Leticia Wierzchowski. A escritora estará em Laguna no dia 30 de agosto, data do aniversário de 197 anos da heroína, às 14h, participando de um debate "As Anitas do Século 21", dentro da programação da 37ª Semana Cultural. 

"Minha Anita é uma recriação baseada nos parâmetros históricos sobre ela, que são muitos poucos, pois a história foi escrita por homens para homens", descreve. Esta contextualização Letícia pretende debater com o público na próxima quinta-feira.

A escritora já esteve na cidade, em momentos de passeio. Primeira vez como a escritora que descreveu um novo olhar de mulher corajosa e transgressora para Anita.

Novo livro

Em 2017, ela encerrou a trilogia com o livro A Travessia, depois de 15 anos, a saga da A Casa das Sete Mulheres foi completada. Quando pesquisou a personagem feminina do romance acabou se apaixonando por Anita. "Ela não tinha medo do que iriam dizer dela, se tinha, ignorava o medo. Ela peitava a vida e teve muitos dissabores, viveu muitos dramas, mas nunca perdeu sua coraram", salientou na época do lançamento do livro. O livro de 546 páginas narra a história de amor entre Anita e Giuseppe Garibaldi, que conviveram por 10 anos, lutando lado a lado em episódios como a Revolução Farroupilha (1835 – 1845) e a Unificação Italiana, concretizada em 1861.

"É uma história de amor, mas também de dois seres humanos muito diferentes do comum. Anita era uma mulher muito à frente de seu tempo. Hoje se fala muito em empoderamento feminino, mas ela já não aceitava que as mulheres se sujeitassem a determinadas regras sociais", disse Letícia na época do lançamento.

Livros: 

A Casa das Setes Mulheres - 2003

Um Farol no Pampa - 2004

Travessia - 2017

Saiba mais sobre a escritora

Antes de se dedicar às letras, Wierzchowski estudou em uma faculdade de arquitetura, curso que não chegou a completar. Foi proprietária de uma confecção de roupas e trabalhou no escritório de construção civil de seu pai. Enquanto trabalhava neste último emprego, começou a escrever ficção. Seu romance de estreia, publicado em 1998 e relançado em 2001, O anjo e o resto de nós, conta a saga da família Flores, ambientada no início do século XX no interior do Rio Grande do Sul. Autora tem dezesseis romances publicados e quatro livros infantis.

Onde será o encontro ?

Dia 30 de agosto, dentro da programação da Semana Cultural 14h00min: Painel/Mesa Redonda: “As Anitas do Século 21”.

Ministrante: Letícia Wierzchowski, autora dos livros "A Casa das Sete Mulheres"

"Um Farol no Pampa" e "A Travessia".

Local: Memorial Tordesilhas – Fundação Lagunense de Cultura.

Fonte: Prefeitura de Laguna


Carregando...

www.000webhost.com