Investigação apura se jovem foi morto


Postado em 30/10/2018 às 09:34 por Rinalda Zago


Foto Divulgação

A morte de Aislan da Silva Fernandes, de 27 anos, será investigada. O corpo do jovem foi encontrado na Praia do Cardoso, no Farol de Santa Marta, na madrugada de ontem. 

O rapaz estava desaparecido há pelo menos nove dias. Ele foi avistado no mar por pescadores no domingo, quando iniciaram as buscas. 

De acordo com o delegado Bruno Fernandes, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna, um inquérito policial foi instaurado e ele deverá apontar se o jovem pode ter sido assassinado. “Como o corpo já estava em avançado sinal de decomposição, vamos aguardar os laudos para confirmar ou não a hipótese da causa da morte”, diz o delegado. 

As buscas por Aislon iniciaram no domingo, contudo, o mar agitado dificultou o recolhimento do corpo, já que havia ondas de três metros no mar no momento em que o corpo foi localizado. O jovem foi resgatado durante a madrugada, quando chegou à faixa de areia. 

Após a identificação do corpo como sendo de Aislon, a polícia fez várias diligências para apurar o que aconteceu, e surgiram indícios de que a morte possa ter sido um homicídio. Pelo apurado pela delegacia especializada, Aislan morava em Capivari de Baixo com a mãe. Há pouco tempo, ele se mudou para o Farol a fim de trabalhar no setor de construção.

De acordo com o delegado, o jovem tinha envolvimento com o crime e contra ele havia pelo menos 60 boletins de ocorrências policiais registrados. “As investigações seguem em andamento para apurar o que pode ter ocorrido”, informa Bruno.

Fonte: Diário do Sul


Carregando...

www.000webhost.com