Laguna: emissário submarino está entupido


Postado em 27/12/2018 às 09:41 por Rinalda Zago



Créditos: Elvis Palma

Quem passou pelo bairro Mar Grosso neste feriado de Natal sentiu um cheiro desagradável em alguns pontos, além de caminhões que faziam o trabalho de sucção do esgoto em determinadas ruas, como a Lauro Müller e a Carazinho.

O motivo: o emissário submarino, criado em 1986, está entupido. Quem afirma é o chefe da agência da Casan de Laguna, Giovani Pickler. “Estamos com o emissário entupido, já faz uns 30 dias. Uma empresa foi contratada, com mergulhadores, sonar e demais equipamentos para desentupir, até a conclusão da obra, que inicia no dia 2 de janeiro, e que vai levar o esgoto para a Estação de Tratamento (ETE) da Vila Vitória. Enquanto isso, estamos com caminhões fazendo a sucção e levando para a estação”, destaca.

Segundo Giovani, “ele entope em virtude da maré alta. Estamos encontrando dificuldades para a solução, já que a empresa contratada está aí há quase um mês, com mergulhadores e equipamentos, e não está conseguindo”, comenta.

O problema foi relatado à chefia da Casan na capital, pela presidente da Fundação Lagunense do Meio Ambiente (Flama), Deise Cardoso. “Acionei o presidente da Casan, que convocou reunião de emergência para essa quarta-feira. Não estão encontrando o emissário submarino. Ele deu ordem para que só saiam de lá após encontrá-lo e seja feita a desobstrução”, relata Deise.

Fonte:  Diário do Sul


Carregando...

www.000webhost.com