Outubro Rosa. Câncer de mama: exames preventivos são aliados da saúde


Postado em 01/10/2018 às 13:57 por Rinalda Zago


Foto: Divulgação

Desde a década de 1990, o mês de outubro é usado para estimular a população para o controle do câncer de mama. A doença apresenta índices preocupantes, no país e no mundo, e o autoexame e a mamografia ajudam no diagnóstico precoce. 

No Brasil, o câncer de mama entre as mulheres é o segundo mais incidente, mas nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul ele é o mais comum. Estima-se que sejam registrados, somente neste ano, cerca de 59.700 novos casos em todo o país. 

Em 2015, 18 mil pessoas morreram em decorrência de tumores nas mamas. Os índices divulgados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca), com dados referentes ao grupo feminino entre 40 e 60 anos. São números que precisam de atenção, e também de atitude.

 “A mamografia é essencial para o diagnóstico precoce de um tumor de mama. Permite detectá-
lo antes da própria mulher ou do médico palpar qualquer alteração mamária. Combater esse tipo de câncer implica assumir, ao longo da vida, um papel proativo na prevenção”, alerta a ginecologista e obstetra da Clínica Pró-Vida dra. Graziela Gonçalves Porto.

Conforme a médica, a mamografia é um importante exame radiográfico dos seios que auxilia a detectar a possível presença de um tumor de mama quando seu tamanho ainda é muito reduzido. Com esse diagnóstico, é possível iniciar um tratamento correspondente, desde a origem e muito antes de a própria mulher perceber do que padece.

“A mamografia é um exame rápido e simples. A mama é colocada entre duas placas e é pressionada para obter a imagem. Os níveis de radiação emitidos são muito baixos, não sendo arriscado para a paciente. Muitas mulheres não fazem porque acham que dói. Na verdade, é um pequeno desconforto que dura poucos segundos, mas que pode salvar a vida”, destaca a ginecologista.

O Inca recomenda que as mulheres façam a mamografia a partir dos 40 anos de forma anual, e a partir dos 30 anos ou dez anos antes do primeiro caso na família para as pacientes de alto risco.


Dia D de prevenção e palestras marca programação do Outubro Rosa em TB

Durante todo o mês, por meio de uma parceria entre a prefeitura de Tubarão e entidades voltadas aos cuidados com a saúde, serão realizadas diversas atividades para incentivar a adoção de medidas preventivas na cidade. Quando diagnosticada no início, a doença apresenta até 90% de chance de cura, e o rastreamento mamográfico pode reduzir a mortalidade em até 30%.

A abertura da programação do Outubro Rosa acontece hoje, às 9h, com uma solenidade em frente à Eco Clínica. Após a abertura, os visitantes poderão participar de diversas ações de saúde, como orientações para o autoexame, aferição de pressão arterial, exame de glicemia, vacinação contra HPV e fisioterapia. Todos os serviços são gratuitos e serão oferecidos até as 16h.

A programação prossegue até o fim do mês, com outras iniciativas, como a Caminhada Rosa, no dia 6 de outubro, palestras e eventos religiosos. Os postos de saúde também vão oferecer atividades especiais, e alguns deles, conforme programação própria, funcionarão, inclusive, à noite, para a realização de exames como o papanicolau, exame clínico das mamas e orientação sobre a saúde da mulher.

PROGRAMAÇÃO

No dia 20 de outubro, Tubarão realizará o dia D de prevenção ao câncer de mama. Segundo a prefeitura, todos os postos de saúde da cidade estarão abertos das 8h às 17h. Nesse dia, diversas ações e exames importantes de prevenção serão realizados. A programação completa, com todos os dias e horários referentes às ações realizadas durante o Outubro Rosa no município, está na página oficial da prefeitura de Tubarão, no site www.tubarao.sc.gov.br.

Fonte: Diário do Sul


Carregando...

www.000webhost.com