Responsabilidade


Postado em 12/09/2018 às 17:37 por Rinalda Zago


Créditos: Israel Costa / ASCOM / PMI

O 1º Seminário de Sensibilização sobre o Serviço de Acolhimento em Famílias Acolhedoras, realizado no plenário da Câmara de Vereadores de Imbituba, na tarde desta quarta-feira (12), contou com a participação significativa de público. O evento, organizado pela Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação, serviu para explicar o que é e como funciona o serviço.

“O Serviço de Acolhimento em Famílias Acolhedoras é a forma que nós temos de abrigar, com segurança, a criança e o adolescente, e, ao mesmo tempo, garantir a eles os direitos previstos na Constituição Federal”, ressaltou a Secretária de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Camila Fermino.

O Acolhimento em Famílias Acolhedoras é oferecido no município através da Casa Lar. O espaço abriga crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Por conta do rompimento do vínculo familiar, os jovens são levados ao acolhimento por determinação judicial.

Segundo a coordenadora do Serviço de Acolhimento Acalento, Ana Carolina Vichiett Arguim Vieira, com o 1º Seminário sobre o tema, a intenção é desmistificar algumas questões, esclarecer as dúvidas das pessoas e, dessa forma, ampliar o número de famílias acolhedoras cadastradas no município.

Para o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, o acolhimento é um tema que precisa ser trabalhado cada vez mais, afinal, toda criança ou adolescente tem direito a uma família, a um lar. “Isso é um direito fundamental. Uma responsabilidade do município e de toda a sociedade”, ratificou o chefe do Poder Executivo municipal.

Fonte:   Amurel

 


Carregando...

www.000webhost.com